Gen Manuel Teixeira Rolo

NAV Portugal President

Formação Académica

  • Frequentou o Curso Geral dos Liceus no Liceu Camões, em Lisboa e, em 1978, ingressou na Academia da Força Aérea.
    Em 1985, após tirocínio no avião T-37, em Sintra, obteve o brevet. Ainda em 1985, foi transferido para a Base Aérea N.º 3 (BA3), em Tancos, onde frequentou o Curso Complementar de Aviões Plurimotores na Esquadra 111, sendo de seguida colocado na Esquadra 502, de Transporte, que operava os aviões CASA-212 Aviocar.
    No ano letivo 1990/1991 frequentou, no Instituto de Altos Estudos da Força Aérea (IAEFA), em Sintra, o Curso Geral de Guerra Aérea, com o Prémio de Melhor Aluno do Curso.
    No ano letivo 2008/2009 frequentou, no Instituto de Estudos Superiores Militares (IESM), o Curso de Promoção a Oficial General.

Funções anteriores

  • Em 1991 foi colocado na Base Aérea N.º 6 (BA6), no Montijo, na Esquadra 504, de Transporte Especial, a operar os aviões Dassault Falcon 20 e Falcon 50.
  • Entre 1991 e 1995 foi, sucessivamente, Oficial de Operações e Comandante da Esquadra 504, tendo-se qualificado como Piloto, Piloto-Comandante e ainda Piloto Verificador de Ajudas Rádio à Navegação.
  • Na Esquadra 502 foi Copiloto, Piloto e Piloto-Comandante e participou em múltiplas missões operacionais dentro e fora do território nacional.
  • Em setembro de 1995 foi colocado no Instituto de Altos Estudos da Força Aérea (IAEFA), como professor efetivo na área de Emprego de Forças e, em fevereiro de 1999, viria a assumir
    a chefia dessa área de ensino. Ainda em setembro de 1999, foi nomeado para desempenhar funções como Adido Aeronáutico junto da Embaixada de Portugal em Washington DC, nos Estados Unidos da América (EUA), cargo que ocupou durante 3 anos.
  • Em outubro de 2002 regressou a Portugal, tendo sido colocado de novo no IAEFA, onde foi Diretor dos Cursos de Estado-Maior Conjunto, Geral de Guerra Aérea e Básico de Comando. Em outubro de 2005 assumiu as funções de Chefe da Divisão de Operações do Estado-Maior da Força Aérea e, dois anos depois, entre 4 de outubro de 2007 e 21 de outubro de 2008, exerceu o Comando da Base Aérea N.º 5, em Monte Real.
  • Em setembro 2009 foi colocado na Inspeção-Geral da Força Aérea (IGFA) como Chefe do Gabinete de Prevenção de Acidentes e, a 12 de outubro de 2009, foi promovido ao posto de Major-General, passando a desempenhar as funções de Subchefe do Estado-Maior da Força Aérea.
  • Em Junho de 2010 foi nomeado Comandante da Zona Aérea dos Açores.
  • A 7 de fevereiro de 2011 foi convidado a desempenhar as funções de Chefe do Gabinete do Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, cargo que exerceu durante três anos e, a 10 de fevereiro de 2014, após ter regressado à Força Aérea, foi nomeado 2.º Comandante do Comando Logístico da Força Aérea.
  • Em setembro de 2014 foi nomeado 2.º Comandante do Comando Aéreo, funções que desempenhou em acumulação com as de Comandante da Zona Aérea dos Açores.
  • Em 2 de julho de 2015 foi promovido a Tenente-General e, em 15 de julho, assumiu o cargo de Comandante Aéreo.
  • Em 24 de fevereiro de 2016, foi promovido ao posto de General e tomou posse como Chefe do Estado-Maior da Força Aérea e Autoridade Aeronáutica Nacional, cargos que assumiu até 23 de fevereiro de 2019.
  • Em 24 de Junho de 2019 passou à situação de Reserva, após cessação dos 120 dias no ativo previstos por lei e sem funções.
  • A convite e por nomeação do Governo, assumiu as atuais funções de Presidente do Conselho de Administração da NAV Portugal E.P.E. a 25 de julho de 2019. Notas complementares
  • Voou mais de 2500 horas em diferentes aeronaves da Força Aérea Portuguesa e frequentou vários cursos nacionais e no estrangeiro, de curta e longa duração.
  • Ao longo dos seus 41 anos de carreira foi distinguido com vários louvores e condecorações, nacionais e estrangeiras, de que se destacam a Grã cruz da Ordem Militar de Cristo, a Grã Cruz da Ordem Militar de Avis e 3 medalhas de ouro de serviços distintos em Portugal; pela Força Aérea Brasileira foi agraciado com o Grau de Grande-Oficial da Ordem de Mérito Aeronáutico e com a Medalha de “Mérito Santos Dumont”; pela Força Aérea Romena foi distinguido com o “Romanian Air Force Emblem of Honor” e pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos da América foi agraciado com a Medalha da Legião de Mérito no grau de Oficial.